Se você só desenhava casinhas, vai ficar surpreso com esses desenhos.

Alguém aí lembra do “Traço Mágico”, a versão brasileira do “Etch A Sketch”? Era aquela lousinha que tinha dois botões redondos na parte de baixo, e, conforme você girava os botões, os traços iam aparecendo.

A maior parte das crianças, ou memso de adultos que tentam usar o brinquedo, fazem desenhos simples, como carrinho e casinhas. Mas Alli Katz descobriu que tinha um talendo para esse tipo de desenho quando pegou emprestado o Traço Mágico de sua sobrinha.

Hoje, a escritora e cartunista aperfeiçoou a sua técnica de desenho, e colocou sua arte no Instagram. Desde o começo de dezembro de 2014, ela tem criado versões de capas de álbuns clássicos usando o Traço Mágico.

Cada capa demora, em média, cerca de 45 minutos para ser feita, isso quando não há muitas sombras e preenchimentos. Além disso, cada erro exige que ela recomece. Segundo ela, algumas capas precisam ser recomeças 7 ou 8 vezes.

Tanto trabalho vale a pena. Veja o surpreendente trabalho da artista!

3040876-slide-etchasketch-coltrane 3040876-slide-etchasketch-kurt-vile 3040876-slide-etchasketch-dangelo 3040876-slide-etchasketch-springsteen 3040876-slide-etchasketch-david-bowie 3040876-slide-etchasketch-taylor-swift (1) 3040876-slide-etchasketch-fleetwood-mac 3040876-slide-etchasketch-sonic-youth (1) 3040876-slide-etchasketch-lou-reed 3040876-slide-etchasketch-beatles

 

 

Via