Projeto de arte utiliza capacete que interpreta atividade cerebral e a transforma em batidas de música eletrônica

Já pensou que legal que seria se seus pensamentos pudessem ser traduzidos em música? Foi exatamente essa a criação do artista sonoro Aiste Noreikaite ao desenvolver o Experience Helmet, um capacete que transforma pensamentos em batidas de música eletrônica.

Leia também: Katy Perry ou Metallica? Seu gosto musical diz muito sobre sua personalidade

Criado como um projeto para a University of Arts, em Londres, a obra do húngaro utiliza um headset NeuroSky – o mesmo que já foi usado para controlar o Google Glass apenas com pensamentos.  Esse sensor detecta a atividade dos neurônios e, com a ajuda de um software, interpreta como batidas de uma música. Quanto maior a frequência do som, mais calmo é o pensamento do usuário, enquanto algo mais rítmico e rápido indica maior trabalho cerebral.

“Os neurônios do cérebro se comunicam com eletricidade, então achei que tonalidades eletrônicas seriam o mais natural possível. Apenas queria fazer as coisas de forma simples”, explicou o artista no site do projeto.

A ideia original do projeto era apenas artística, mas Noreikaite admite que há uma possibilidade de estudar processo de criação de ondas e frequências e convertê-las de forma mais eficiente para tratamentos sonoros que trazem benefícios de saúde. Por enquanto, a ideia fica apenas na mente (e, quem sabe, em uma canção?).

capacete transforma pensamento em música (1) capacete transforma pensamento em música (1) capacete transforma pensamento em música (2) capacete transforma pensamento em música (3) capacete transforma pensamento em música (4) capacete transforma pensamento em música (5) capacete transforma pensamento em música (6)

via