Qualquer lugar pode se transformar, basta tempo, dedicação e criatividade.

Em 1973, quando o arquiteto Ricardo Bofill se deparou com uma enorme fábrica de cimento nos arredores de Barcelona, Espanha, ele imediatamente viu nela um grande potencial. Foi assim que surgiu o projeto La Fabrica.

Veja também: Arquiteturas reais que inspiraram filmes da Disney!

Datando da industrialização da Catalunha, na época da Segunda Guerra Mundial, a fábrica abandonada passou por uma longo processo de reforma até se tornar o lar e escritório de Bofill. Primeiro, foi preciso destruir parte do interior da fábrica. Quase um ano e meio de dinamites e britadeiras depois, começou a real reforma. Atualmente, ele já está na fase mobília e jardinagem.

De acordo com o próprio arquiteto, a fábrica é um trabalho em andamento. O próprio Bofill gosta da ideia de ser algo em contante evolução, que vai de encontro ao seu estilo de vida. “O espaço pode ser alocado para qualquer uso que o arquiteto deseje” conta ele. Mas completa: “Se ele ou ela forem hábeis o suficiente”.

la-fabrica_acdt-1 la-fabrica_acdt-2 la-fabrica_acdt-3 la-fabrica_acdt-4 la-fabrica_acdt-5 la-fabrica_acdt-6 la-fabrica_acdt-7 la-fabrica_acdt-9 la-fabrica_acdt-10 la-fabrica_acdt-11 la-fabrica_acdt-12 la-fabrica_acdt-13 la-fabrica_acdt-14 la-fabrica_acdt-15 la-fabrica_acdt-16 la-fabrica_acdt-17 la-fabrica_acdt-18 la-fabrica_acdt-19

Todas as imagens são de  Ricardo Bofill