Campanha #ItWasNeverADress atribui outro significado para a figura que simboliza os toaletes femininos

Todo mundo já está acostumado com as sinalizações de banheiros: o de menino, um homem em pé, o de menina, uma mulher com um vestidinho triangular. Mas esse triângulo não era um vestido! Era uma capa!

Essa é a proposta da campanha It Was Never a Dress (Nunca foi um vestido), que procura mudar algumas percepções sobre mulheres, colocando o tão conhecido símbolo com uma mulher usando calça e uma capa de heroína.

Divulgada durante a conferência “Girls in Tech” nos Estados Unidos, a imagem foi criada para empoderar as mulheres que trabalham com tecnologia.

A ideia é da ativista, autora e programadora Tania Katan, evangelista da Axosoft, uma empresa que gerencia projetos para times de desenvolvedores.

O site da iniciativa convida mulheres do mundo todo a discutir sobre o papel da mulher na sociedade e no mercado de trabalho e convidar mulheres para o mercado de tecnologia, considerado por muitos como “coisa de homem”.

“Na ciência, tecnologia, artes, matemática, política, instituições religiosas, nas ruas e em nossas casas, as mulheres perspicazes e que pensam não são muito queridas, são negligenciadas, ou simplesmente dispensadas”, diz Tania. It was never a dress irá promover conversas necessárias, com vozes vitais e imagens para todo mundo honrar todas as mulheres. Quando vemos mulheres de forma diferente … nós vemos o mundo de forma diferente!”

Você nunca mais vai ver essa plaquinha da mesma forma:

It was never a dress (1) It was never a dress (2) It was never a dress (3) It was never a dress (6)It was never a dress (4) It was never a dress (5)

via