Microsoft cria programa para meninas cientistas para acabar com essa história que “ciência é para meninos”

Sete de cada dez garotas tem grande interesse em ciência, e apenas duas dessas dez acabam tentando seguir alguma carreira relacionada. E grande parte desse desencorajamento acontece porque são carreiras extremamente machistas, com discrepância salarial entre os gêneros e com um caminho muito mais longo a percorrer do que o de homens para promoções, o que desestimula muita mulher com um super potencial a seguir carreira nesse meio.

Girls do science ciencia coisa de menina 2

Sabendo disso, a Microsoft lançou o programa DigiGirlz, que consiste em uma plataforma online destinada a meninas que sonham em ser futuras cientistas. Com diversos materiais, notícias, cursos e espaços para dúvidas, o objetivo é apoiá-las e encorajá-las a seguirem as carreiras que desejam, e assim acabar com essa ideia de que “ciência é coisa de menino”.

Girls do science ciencia coisa de menina  4

Como parte do programa, a Microsoft lançou a campanha Girls Do Science, criada pela agência M:united, da McCann, que procura recrutar desde já meninas que só serão capazes de tornarem-se cientistas profissionais em 2027! Ou seja, a Microsoft está fazendo um mega investimento a longo prazo em diversas garotas que já terão emprego “garantido” na própria Microsoft daqui a mais de 10 anos!

E se sua irmã, filha, prima tem o sonho de se tornar uma cientista um dia, é só mandar um e-mail para a Microsoft que já está recebendo currículos para essas vagas: recruiting2027@microsoft.com.

Assista ao vídeo da campanha:

via