Campanha da Santa Casa de Porto Alegre quer encorajar as pessoas a falarem sobre a doação de órgãos com seus familiares.

O que você faria se pudesse ter os pulmões do jogador Zé Roberto, que defendeu a seleção brasileira de 1995 até 2007? Ou então os olhos do fotógrafo Sebastião Salgado? Pois saiba que alguém um dia pode tê-los. Isso porque ambos são doadores de orgãos.

De acordo com a Santa Casa de Porto Alegre, uma das maiores dificuldades quando se trata de doação de órgãos é que, muitas vezes, os doadores não informam a suas famílias. Por isso, a campanha “Doe seu talento” quer encoarajar as pessoas a se declararem doadores de órgãos, assim como os famosos que participam da campanha.

Além da participação de Zé Roberto, que é doador de pulmão, e Sebastião Salgado, doador de córneas, a campanha ainda conta com o cineasta Fernando Meirelles, também doador de córneas, e Luís Fernando Veríssimo, doador de coração.

talent3 talent1 talent2

De acordo com Diego Wortmann, diretor criativo da J. Walter Thompson, criadora da campanha, eles queriam sair do lugar comum. Foi assim que surgiu o conceito de doadores de talento. “Afinal, o talento, assim com os órgãos, é algo que e mantem vivo após a morte”, completou.

A campanha conta com material impresso e filmes que serão veiculados na TV a cabo e cinemas de todo o país. Ainda há um site que permite que os visitantes mandem, uma mensagem para seus parentes e amigos informando que eles desejam realizar doação de órgãos.

Via